Ginoca tem 18 anos e mora em Nhampfumine. Dois dos seus irmãos são Apadrinhados pela UPG. Na nossa primeira visita (tinha 15 anos) ficámos impressionados que a menina, apesar da idade que leva muitas para outros caminhos, passou o tempo connosco de cadernos nos joelhos a fazer trabalhos de casa.

Descobrimos porquê – não só é Ginoca que toma conta dos 7 irmãos com a Mãe, mas também leva 4 horas de caminho a chegar à escola, sem nada para comer até ao seu regresso, quando ela própria cozinha o almoço, um dia de aulas e outras 4 horas de caminhada depois. Antes de partirmos, Ginoca fez-nos um discurso espontâneo de como estava agradecida porque não sabia que se comia massa nem sabia cozinhar com óleo e a mãe a tinha ensinado (parte da cesta básica que a sua família recebe).

Deixou-nos a todos de lágrimas e muita vontade de ajudá-la a continuar. Recebeu uma bicicleta para encurtar o caminho para a escola e, com a ajuda de uma voluntária a sua casa sem tecto passou a ter tecto portas e janelas. Obrigada pelo sorriso de felicidade Mana Ginoca