Infelizmente ainda temos muitas meninas a engravidar precocemente. Antigamente saiam automaticamente da escola e consequentemente do programa de Apadrinhamento pois não indo à escola perdíamos o contacto, muitas vezes iam para sítios distantes.

Quisemos contrariar este afastamento, este abandono escolar e ao mesmo tempo não incentivar/premiar a gravidez.

Este ano, 3 meninas de Santa Luisa e 1 menina de São Vicente, ficaram grávidas e em vez de saírem, assumiram o compromisso de se manterem na escola e quando o bebé nascesse apoiaríamos com um valor simbólico para fraldas, leite ou bens que necessitassem nos 6 primeiros meses de vida.

Esperamos que a Assucena, a Azélia, a Nélia e a Nilza sejam Felizes e que continuem a acreditar que a escola e a educação são o caminho que fará a diferença no futuro… Estamos cá SEMPRE!