A história da Margarida é mais uma que nos orgulhamos de partilhar com todos.

A Margarida tem 16 anos e está com a UPG desde 2001 a frequentar o programa de apadrinhamento em St. Luísa de Marillac, onde recebe uma cesta básica.

Recentemente foi mãe que, num contexto como o Moçambicano, podia ser sinónimo de desistir de estudar. Mas a Margarida em conjunto com a UPG, e o projecto de apadrinhamento, mostraram que é possível não desistir.

O continuado apoio da UPG permite até às jovens mães, como a Margarida, continuarem a estudar.