A UPG gosta de contar histórias felizes e de sucesso, por isso aqui vos deixamos mais uma. O Rafael Baloi deixou o Programa de Apadrinhamento. Tem 19 anos e, apesar de ter tido algumas dificuldades de aprendizagem percebeu que o seu futuro estaria em algo mais prático. Assim, está a ajudar as Irmãs em Manjangue e tem a responsabilidade do bananal e de alguns jardins, de onde recebe um pequeno valor mensal que lhe permite fazer face às suas despesas. Segundo a Irmã Lídia é um “jovem muito responsável, bom e obediente”.

Embora tenha deixado o Apadrinhamento o Rafael é hoje em dia ajudado pela UPG através do Programa de Alimentação Escolar em Sta. Luísa, onde financiamos a alimentação diária a cerca de 800 crianças. Sabe trabalhar bem com blocos de cimento e será destacado para dar formação nos cursos técnicos UPG de fabrico de blocos, viveiros e plantação de árvores de frutas.  

Ficamos felizes pelo Rafael que conseguiu desenvolver uma actividades de futuro que lhe vai permitir criar sustentabilidade e quebrar o ciclo da pobreza local.